quarta-feira, 14 de abril de 2010

O coração do ESTADO DO RIO DE JANEIRO sangra de dor por seus filhos que foram colhidos dessa vida pelo descaso, pela falta de respeito, pelo descompromisso. Não era para acontecer assim...NÃO PODIA SER ASSIM. Era só cada um de nós, nem que fosse por minutos, nos colocarmos no lugar do outro...
                                                                                                       Maria Emilia Xavier

 
MARISE RIBEIRO   -   CHORO CARIOCA 

 




Choro Carioca

Meu Rio chora pelo descaso,
Anos largado ao abandono,
Autoridades fazendo pouco-caso
E a culpa? São das chuvas de outono...


Meu Rio chora pela roubalheira
Dinheiro desviado à surdina
Bueiros e políticos na sujeira
E dizem: Rio, esta é a tua sina!...


Meu Rio chora pela hipocrisia
De uma gente que só pensa em si
Futebol, Carnaval, pura alegria
Problemas? Não! Tudo está bem por aqui.


Meu Rio chora pela pobreza
Que está logo acima da vista
Mas o que importa é a sua beleza
Maravilhosa!... Só para o turista!


Meu Rio chora e as águas lavam
Deste povo toda a memória
Suas próprias sepulturas cavam
Eleições? Repete-se a mesma história...


E neste círculo vicioso e sem fim
Vamos vivendo omissos e isentos
Sorria, meu Rio! Eles te querem assim
             Até as Olimpíadas e seus eventos!...            

                                  
















3 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia, minha querida amiga.
Concordo plenamente com o poeta. Bela reflexão .
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... e MEU CADERNO DE POESIAS, deseja um dia de muito Sucesso e realizações plenas.
Saudações Educacionais !

direitinho disse...

Querida amiga a tua visita foi uma honra que me concedeste. Espero que voltes e que faças parte da nossa família.
Este poema político tem sabor português.
Uns mamam desenvergonhados e outros coitados vão roendo os ossos.

Gilson Faustino Maia disse...

Cidade Maravilhosa! É, realmente, mas eu gostaria de vê-la melhor cuidada. Seria interessante que os turistas levassem do Rio uma imagem melhor. O Rio merece. A poetisa está coberta de razão. Abraços.