quinta-feira, 9 de setembro de 2010

AINDA...

Não tenho escrito nada...
Não por falta de vontade e de necessidade...
Mas, não quero botar no papel...
Não quero guardar,
Não quero lembranças...
Vai passar...
Todos os dias acordo e penso: hoje vai acabar...
Vem um novo tempo...
A manhã acaba...
A tarde passa...
A noite chega...
E pela manhã, a solidão me dá... Bom Dia.

Maria Emilia Xavier
 
O mundo roda, roda e vez por outra repete situações que já vivemos por motivos diferentes. Vá entender...
 
PUBLICADO AQUI MESMO, EM 04/11/2009.

4 comentários:

Eduardo Medeiros disse...

Pois é amiga poetisa, a vida é uma roda viva como já cantou o Chico.

abraços

Cacá disse...

"Chega um dia de falta de assunto. Ou, mais propriamente, de falta de apetite para os milhares de assuntos.
Escrever é triste. Impede a conjugação de tantos outros verbos. O dedo sobre o teclado, as letras se reunindo com maior ou menor velocidade, mas com igual indiferença pelo que vão dizendo, enquanto lá fora a vida estoura não só em bombas como também em dádivas de toda natureza, inclusive a simples claridade da hora, vedada a você, que está de olho na maquininha. O mundo deixa de ser realidade quente para se reduzir à marginalia, purê de palavras, reflexos no espelho (infiel) do dicionário."
(Carlos Drummond de Andrade, Para Gostar de Ler)

Liga, não, acontece sempre com quase todos de nós. Abração. paz e bem.

gorettiguerreira disse...

Olá minha bonita!
Alma bela e por si sempre sincera.
Tudo passa querida. Existem dias entediados para nós, humanamente sensíveis.
Sdds de vc querida.
Bjs de luz.
Goretti

Mgomes - Santa Cruz disse...

Olá Maria: Sempre chega um dia que não nos apetece fazer nada nem sequer escrever, mas a vida é mesmo assim, nunca é como nós desjava-mos que fosse.
Beijos
Santa Cruz