sexta-feira, 29 de abril de 2011

PAULO MEDEIROS - VIDA NOVA

Hoje o "De olhos fechados" recebe de braços abertos mais um Escritor, que vem para somar com os Escritores e Poetas que por aqui já estão há algum tempo derramando suas inspirações maiúsculas.
Paulo Medeiros  é o seu nome e sua  verve, também, privilegiada  passeia no Blog:  http://medeirospaulosergio.blogspot.com/  Agora nós do "De olhos fechados", também, vamos tê-lo por aqui, embelezando mais ainda nossas páginas. Benvindo amigo.
“Eu os declaro marido e mulher. O noivo pode beijar a noiva.” Como esse cara deve estar ansioso para ouvir isso – esse cara atende pelo nome de Harrison – e finalmente colar a aliança no seu-vizinho da mão esquerda.

O anelar destro já tinha experimentado antes o abraço do anel do matrimônio, o “sim” já esteve na ponta da língua, o carequinha quase virou Cacheado (sobrenome da ex), mas o fura-bolo do destino indicou outro caminho pro meu amigo que sofreu pra entender que aquela alma não era sua gêmea.

Gemeu de dor, comeu o pão que o diabo amassou, bebeu corote disfarçado de caipirinha, experimentou o outro lado da moeda, em suma, ficou sem eira e nem beira. Até Joseph Climber – aquele cuja vida é uma caixinha de surpresas –sentiu pena do cara.

Mas numa bela manhã ensolarada ele decidiu curvar todos os dedos em volta do maior-de-todos e gritar: “Aqui pra ti sofrimento! A vida é bela, carpe diem, I will survive!” e tocou o barco rumo a felicidade (esse texto está ficando piegas).

Essa busca frenética pela felicidade a dois o levou a caminhos cheios de cacos de vidros, encontros e desencontros, promessas de nada, nada de promessas, relacionamentos efêmeros, rompimentos duradouros. O cara foi até apedrejado.

A certeza de encontrar alguém que de fato o compreendesse e o amasse na mesma voltagem foi o espinafre desse Popeye tupiniquim. São de suas faculdades mentais, foi justamente na faculdade que o sol brilhou, foi justamente na faculdade que seus olhos brilharam novamente.

Dessa vez tomou todos os cuidados necessários, pra quem nunca foi muito fã de fast-food, fast-love era algo corriqueiro nos seus namoros. Não cometeu os erros de outrora, nada de conhecer num dia e no outro já está dividindo o mesmo tubo de pasta. Agora sim, namoro standard.

Brincadeiras à parte, desejo do fundo do meu coração toda sorte do mundo nessa nova fase de sua vida. Vida a dois não é fácil, mas você com toda sua sabedoria saberá conduzir e contornar as adversidades e torná-las mindinhas.

Paulo Medeiros
















9 comentários:

✿ chica disse...

Puxa que belo texto e ótima companhia por aqui.Deu gosto de ler e nos prende até o fim.
Parabéns aos dois!

beijos,chica

Andre Mansim disse...

Emilia, vendo esses textos tão bons que vc escolhe pra colocar aqui eu imaginpo que vc deve ser professora de literatua ou coisa assim... Vc entende muito e tem um gosto elogiável! Sempre é bom passar aqui e ler essas pérolas...

Leonel disse...

Maria Emília, escolheu muito bem seu convidado!
Texto muito interessante!
Você e o autor estão de parabéns!

Gilson Faustino Maia disse...

Maria Emília, que o Paulo Medeiros seja bem-vindo. Parabéns para você pelo convidado que escolheu e parabéns a ele pelo texto que chamou de piegas. O menino escreve muito bem e esse texto nas vésperas do mês das noivas, foi de um bom gosto espetacular. Meu abraço.

Paulo Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Medeiros disse...

Como estou feliz por ter o privilégio de escrever agora no "De olhos fechados". Assim que a Maria Emilia me convidou, nem pisquei, aceitei "de olhos fechados" rs. E quão gratificante é poder ler todos esses comentários de pessoas que escrevem também e sabem o que estão falando. Acho que tenho muito a aprender por aqui. Maria Emilia, mais uma vez muito obrigado pelo convite. Depois com mais calma quero visitar cada um de vocês que comentam por aqui.
Bom fim de semana a todos!!!

Anônimo disse...

Digo "de olhos fechados":
serão belos os letreiros,
que vão ser aqui postados
por você...Paulo Medeiros.

Seja Bem vindo!
Ademar Macedo/ Natal-RN

Paulo Medeiros disse...

Ademar, muito obrigado pela receptividade e pelos versos. Tenho certeza que vou encontrar muita coisa boa por aqui!!!
Abraços e bom fim de semana!

JGCosta disse...

Esse local é sempre agradável e cada vez se torna mais, na medida que outras pessoas enamoradas com as letras vem nos fazer companhia!

Seja bem vindo!

Abraços renovados!