terça-feira, 1 de novembro de 2011

Vadia...

                                                                          THE DANCE OF  LOVE -  LEONID AFREMOV
Vadia... era como eu queria ser
nada para fazer ou pensar. 
Vadia... era como eu queria ter
uma vida inteira, só pra rir e brincar.
Vadia... era como eu queria ver
a humanidade inteira somente a dançar.
Vadia?!... Na verdade, é essa vida,
que no mundo acontece
e que a maioria enaltece.
Pra quê?!
Por que?!
Se ela não deixa
 nem ao menos o sonho se viver.
Maria Emilia Xavier

3 comentários:

✿ chica disse...

Muito legal e bem inspirado.beijos,chica

Leonel disse...

Ser vadia sem culpa, um sonho secreto das mulheres...
Ousadia uma suposta confissão, numa tão bela poesia...
Abraços, Maria Emília!

Milton Kennedy disse...

Oi Maria, tdo bem?

rsrsr, quando vi o título e iniciei a leitura levei um susto, rrsrsrsrs, mas depois percebi que tratava-se de outra coisa.
Bacana o texto, parabéns pela inspiração.

Grande abraço, saúde e muita paz!

=D