sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

gilson faustino maia - Manhã de Sol

 August Macke - Reiter und Spaziergänger in der Allee Os cavaleiros e caminhantes no beco)


 Eu sigo a pé, olhando a natureza,
essa beleza que traz poesia.
É claro o sol, é linda a luz do dia
que me extasia com sua clareza.

Quando amanhece, foge-me a tristeza
e, com certeza, o amor faz moradia
bem dentro do meu peito, onde eu queria.
Oh, que alegria! Que grande riqueza!

Vou passo a passo pela minha estrada
lembrando a amada enquanto eu olho as flores,
o céu azul, montanha esverdeada

E, na ramada, pássaros cantores.
Canta a minh’alma, andando na calçada,
uma toada, para os céus, louvores.
 
                   Gilson Faustino Maia
                         Petrópolis/RJ

4 comentários:

✿ chica disse...

Gilson e suas lindas poesias.Bela escolha!beijos,tudo de bom,chica

pensandoemfamilia disse...

Que poesia gostosa, iluminada pela natureza e o amor.
bjs

ju rigoni disse...

Lindo esse louvor à natureza e ao que ela nos inspira.

Querida, venho para desejar a você Boas Festas e um Feliz 2012. Que o novo ano lhe traga muita saúde, muito amor e muita paz.

Um beijo. Inté!

Ange disse...

Maria Emília, boa noite!
Linda amiga, entro aqui com carinho para saudar-te com meus votos de um maravilhoso e iluminado Natal. Que o novo ano que inicia-se traga-lhe lindas inspirações, esperança, e em especial Felicidades .
Uma linda noite para você!
Ange.