quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Acontece...


                  
De repente o mundo desarruma a vida...

Vemos os  sonhos pelo chão caídos,

os desejos amarrotados,

a vontade sem nenhuma forca...

 Ah, parece que nunca terá fim esta nostalgia,

 esse gelo que nos paralisa

e  aos pensamentos não permite idéias...

É um tempo malvado,

é quando a dor nos apresenta a solidão...
                                                  Maria Emilia Xavier


TROVAS

Engraçada é a vida,
às vezes quer contrariar
e se põe a empresariar
sonhos, desejos...só de ida.
                         Maria Emilia Xavier
Este amor, mal necessário,
que a insensatez fez surgir,
é o erro mais arbitrário
que eu não quero corrigir!
                 Elisabeth Souza Cruz – RJ
 
Em noites frias, sem lua,
quando meus versos componho,
eu cubro a verdade nua
com meu casaco de sonho.
                                Antonio Juraci Siqueira – PA

 
Por ter nas mãos quando querem
nossa alma, alheia aos perigos,
os “amigos”, quando ferem,
ferem mais do que inimigos!

Carolina Ramos – SP
 
Só, no palco iluminado,

ante a cadeira vazia,

não via o salão lotado:

só sua ausência sentia...

Eliana Palma – PR

4 comentários:

✿ chica disse...

LINDA e intensa poesia e gostei das trovas também!

beijos praianos,chica

Élys disse...

Bela poesia, bonitas trovas.
Beijos.

ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS disse...

Você gostaria deter seu texto (poema, conto, prosa, ensaio, matérias de cultura em geral, biografias de bandas, artesanato, turismo, artes plásticas, saúde, vida, sociedade...etc) no blog FANZINE EPISÓDIO CULTURAL?
Envie seu texto com uma foto sua ou uma imagem relacionada ao texto para machadocultural@gmail.com

Contatos:
Carlos Roberto de Souza
machadocultural@gmail.com
(35) 8833-9255
Bog da Academia Machadense de Letras
http://academiamachadense.blogspot.com.br/

Acesse o blog:
HTTP://www.fanzineepisodiocultural.blogspot.com

pensandoemfamilia disse...

Covite para você no blog e face. Venha participar.
bjs