quinta-feira, 10 de junho de 2010

DIA DOS NAMORADOS

Nós, do "De olhos Fechados", gostaríamos de prestar nossa homenagem a todos os Namorados, especialmente aos namorados Blogueiros que sempre nos dão a honra de seus comentários e de suas visitas. Escolhemos para iniciar nossa homenagem a figura acima por simbolizar nosso desejo de que vivam com o coração incendiado de muita inspiração e criatividade na vida e no versejar com que nos presenteiam diariamente. Um beijo no coração de cada um.


GILSON FAUSTINO MAIA - MEU MUNDO
 Meu mundo é você.
Você e meu verso
às vezes perverso,
não sei nem porquê.


No pranto se vê
meu ser submerso.
Nem mais no Universo
minh’alma hoje crê.


Meu mundo, entretanto,
que grande alegria!
Eu fujo do pranto


ao ler poesia
nos olhos de encanto
que amor irradia.
                                                                     
                                       Gilson Faustino Maia
                                                                           Petrópolis - RJ





JOSÉ CLÁUDIO  -  A CARTA QUE NÃO ENVIEI
Eu gostaria que você sentisse imensamente essa carta como as escritas a mão. Há hoje tantas maneiras de dizer as coisas que se quer, que a caneta está sendo usada quase somente para as primeiras letras da alfabetização de escolas públicas ou para assinaturas em cheques. E mesmo esses meios vão se tornar obsoletos já-já. O governo tem prometido colocar computadores em todas as escolas. E quanto às assinaturas, já há as digitais. Só falta os estabelecimentos aderirem. E então, a antiga pena, a shaffer, a montblanc e a indispensável bic estarão banidas à lembrança. Como os carteiros estão ficando.
Já não se escrevem mais cartas. Não da forma mais romântica que há para dizer “saudade de você”, “eu te amo”, “mande notícias pelo correio”. Eu não sei se você sente como eu uma diferença fria entre abrir um e-mail e rasgar um envelope depois de ter visto a letra no destinatário e remetente. Ali a carta já começa a me dizer alguma coisa. Há pessoalidade, há intimidade. Dizia o Milton que “qualquer maneira de amor vale a pena”, mas umas formas são tão portadoras que valem mais a pena. O adiamento das coisas em cumprimento à sina do tempo é a palavra saudade exercida em sua plenitude mais bonita. Tem graça eu falar tanto de sua falta e sem que ouça a minha voz, sem que espere o tempo de ir à caixa de correio, sem abraçar o papel da carta depois de lido o conteúdo? Esses afagos tão caros ao coração, modernidade nenhuma é capaz de subtrair de nós. Que outra forma é aceitável de se sentir amada por mim se não estamos perto? Há calor em meio eletrônico? Há desespero maior do que uma webcam com uma imagem que a mão não alcança? Que o beijo não refresca na tela?
A virtualidade só pode ser abrandada pelo papel de carta em cuja tinta escorreu amor junto com as palavras. Em caso extremo sou capaz de lhe mandar uma lágrima manchando a folha. E você poderá levá-la em sua bolsa, para o quarto, para o banheiro, dormir com ela sob o travesseiro ou ao seu lado. Tem calor essa lembrança.
Bom, também chega de comparações, senão fugimos do objetivo mais grandioso que é nunca esquecermos o nosso amor, independente de suas manifestações - antigas ou modernas. Não deixarmos de nos amar será a modernidade eterna, onde quer que estejamos.
Vou lá correndo postar com um selinho bem bacana. O correio fecha às cinco. E vou contando as horas em forma de empurrão para ver se adianto o fim de semana de poder te ver de pertinho. Aí sim, entre beijos, abraços, carinhos profusos, seremos uma carta a quatro mãos dadas. Enquanto isso, repito aquela frase que é o sinal da sua ausência em mim: sem você o vazio tem hora marcada em meu coração.

                                                                    José Cláudio
                                                                        Belo Horizonte/MG

                                                                      


    ADEMAR MACEDO-"ETERNA NAMORADA"    
                                                                                                                           
                                   Quando a vi senti logo uma paixão,
e ela me olhando enternecida;
se apossou do meu velho coração
e hoje é a razão da minha vida.
é a única inquilina do meu peito,
afastá-la de mim não tem mais jeito
pois só quero viver se for com ela.
E é Dalva minha eterna namorada
que faz de mim quase toda madrugada,
um brinquedo de amor no colo dela

                                                                     Ademar Macedo
                                                                                   Natal/RN

                                                                   

JOEL G. COSTA  -  ENAMORANDO-ME
                           Lembro-me daquela primeira vez em que a vi
Perdida e atarefada estava entre as prateleiras
O mundo todo a sua volta parecia sorrir pra ti
E eu também a lhe observar da minha cadeira

E na hora em que ela veio fazer o meu pedido
Tratou-me com uma cortesia que era habitual
Disse-lhe então que o lugar já era muito lindo
Mas somado a sua beleza ele ficava sem igual

Ela permaneceu a me tratar de forma educada
E sem tirar o sorriso procurou melhor atender
Pareceu-me que ela já estava bem acostumada
Aos elogios que normalmente vinha a receber

Assim a pensar não consegui ficar indiferente
Muito ao contrário, me fez observá-la melhor
E ao admirar além de um avental transparente
Deixei-lhe ao sair um bilhete junto a uma flor

Não sei se atuei mal ao pedir que fosse me ver
Afinal nada dela conhecia e ela menos de mim
Mesmo assim com ansiedade esperei anoitecer
Em pé numa praça parecendo enfeite de jardim

A noite enfim chegou e junto veio um presente
Uma bela mulher para que eu pudesse conhecer
O tempo passou veloz e logo um sol no poente
Abrandou toda uma magia que a lua viu nascer

Depois daquela noite nunca mais fiquei sozinho
Enamorado estou agora e não quero outra coisa
Juntos nós agora seguimos nesse novo caminho
Hoje sou o seu poeta e ela é minha bela poetisa

              JGCosta
              Itatiba
                                                                                                                                                                
  
                                                                                    
        JORGE SOARES  -  ENAMORADO             

 Moça, por favor,
Eu quero daquelas rosas.
Não das brancas
Nem das amarelas
Nem tão pouco das de cor rosa
Mais sim das vermelhas paixão
Que representarão o meu coração
A quem as vai receber


Moça saiba por mim escolher
As mais perfeitas flores
Para um arranjo fazer
Para envolver minhas flores
Gostei do papel dourado
Escrito com letras vermelhas
Estou enamorado

Moça com ela aprendi a ser feliz
Ganhou vida minha vida infeliz
Quando ela me aceitou em sua vida
Começamos a namorar
Tantos anos se passaram
Hoje estamos casados
Mais em cada ano passado
Este dia sempre será lembrado
Pois se tornou pra mim
O dia dos namorados

                                                                 Jorge Soares
                                                                     Além Paraíba/MG
                                                                                        
                             
                                         
 FRANCISCO MACEDO - BEIJO,O DESPERTAR
Encantamento, mais que encantamento!
Um lindo despertar, de duas vidas,
em emoções, que vão, enlouquecidas,
vivendo o novo, com deslumbramento!

Os quatro braços, prendem, libertando,
corpos e almas, agora, ensandecidas,
são emoções em bocas tão unidas...
Primeiro beijo, fogo crepitando!

Dois lábios, sensações loucas, plurais,
quase uma dor, nirvanas divinais,
num corpo só, unindo os corações.

Nós dois envoltos, sonho multicor,
ir adiante, em êxtase de amor,
no inevitável fogo das paixões.

Francisco Macedo
Natal/RN




CLARA ADÃO  -  O AMOR ESTÁ NO AR
O amor está no ar,
o carinho e a compreensão,
tem gente que passa sem namorado,
mas não está nem aí não !
As flores, os ursinhos e as cartinhas,
comemoração,
os desenhos de coração,
as letras todas bordadas,
chocolate e lacinho.
Andam de mãos dadas,
enfim, querem ser felizes,
Quem amar sem querer nada em troca,
dá o melhor de si .
É assim que o amor funciona , ou como deveria funcionar. Apenas espero que solteiros ou namorados , curtam muito e aproveitem bem , afinal, o dia é dos namorados e a noite é dos solteiros !
                                              (Clara, 12 anos)


Clara Adão
Belo Horizonte/MG





 WILSON RAMOS - DOIS....
  
  ….corações que batem em sintonia,
pulsando forte, repletos de magia,
do melhor lado que o amor oferece ….
….olhares que brilham ao se cruzar,
lembrando a luz de um suave luar,
e das estrelas que chegam quando anoitece ….


….suspiros que já trazem saudade,
ao acordarem, outra realidade,
chega a hora de se separar ….


….abraços e um beijo molhado,
de um encontro prá sempre marcado,
de um amor que chegou prá ficar.....
               
                                                                               WRamos
                                                                        Belo Horizonte/MG
               




        
MARIA EMILIA XAVIER  -  AH...CORAÇÃO, SEU "SEM NOÇÃO"...

Não vou mais confiar no meu coração.
Ele não merece esta atenção.
Eu tenho uma forte razão,
para tomar esta decisão.
Ele inventou de lançar seu olhão
lá prá fora do portão...
E, encontrou um bonito "Coroão"...
Ouvindo o que falava meu coração,
descartei meu namoradão....
Acabei com tudo sem nem ouvir outra opinião...
Pois assim falava meu coração:
"Vais viver um amor lindo com o "Coroão",
"RAINHA" é o que serás no seu coração"...
Mas o destino acabou com a minha pretensão,
E, eu, nem acreditei na fatídica reação...
"Menina" é como me chama o meu amorzão...
De mim ele só quer ser...Amigão.
O que sinto a respeito da situação,
ele nem desconfia que  é gamação...
Que estou triste e no chão...
Com esse coração bandido na mão.
Agora, seu coração vagabundão...
Sem visão...
Sem noção...
No Dia dos Namorados... Cadê comemoração?
Vou ficar de vela na mão...
Sem namorado... Sem meu Amorzão...

Maria Emilia Xavier
Rio de Janeiro/RJ



                                                               

11 comentários:

Gilson Faustino Maia disse...

Que lindo, Maria Emília! Tudo aquilo que se faz com amor é sublime! Muito obrigado por você existir e pemitir que eu faça parte desse mundo maravilhoso que você constrói com a sua arte e com sua dedicação. Parabéns também a todos que participaram desse magnífico trabalho. Mil abraços.

Cacá disse...

Muito lindíssimo e emocionantíssimo! Parabéns a todos e a você especialmente, Maria Emília, por esta iniciativa tão fecunda, tão salutar e gostosa! beijo no seu coração. Paz e bem.

JoeFather disse...

Amigos e amigas, essa postagem ficou maravilhosa, fico feliz de coração de fazer parte!

Meus sinceros agradecimentos à amiga Maria Emília por sua extrema dedicação e carinho!

Abraços renovados e feliz Dia dos Namorados para todos!

Chica disse...

Ficou maravilhoso tudo isso,um mais lindo do que o outro!bela homenagem aos namorados!beijos,chica

gorettiguerreira disse...

Que lindo Amorsão amiga poetisa do meu coração. Isso é que um amor brejeiro poetisa MAria Emilia.
Parabéns aos belos versos aqui postados. Lindos!
Beijos e:
Feliz Dia dos Namorados!
Goretti Albuquerque

Mel Redi disse...

QUE CANTINHO MAIS LINNNNDO E AFETUOSO!! PARABÉNS A TODOS POETAS PELOS ESCRITOS MARAVILHOSOS! PARABÉNS XARÁ QUERIDA, POR TÂO BELAS POSTAGENS!
Abraço, com carinho, Mel

Ricardo Calmon disse...

Amada minina Maria Emília,!

Lindíssima BLOGADA,POR HOMBRES LIDERADAS,ESCANDALOSA HOMENAGEM AO DIA DOS NAMORADOS!AMEWI AMEI E AMEI!
]
HUHU VIVA O AMOR

VIVA LA VIDA

HEIDY MULHER QUE AMA disse...

Adoro seu jeito de expressar seu coração.Linda sua poesia.
Tenha uma maravilhosa semana Maria Emília!!!!

bjsssssss

Maria Emilia Xavier disse...

Parabéns e beijos no coração de todos os Poetas e Escritores que fizeram desta postagem um sucesso. Gostaria que vocês soubessem e sentissem mesmo que o "De olhos fechados" só continua a existir porque vocês existem e todos os dias derramam beleza nestas páginas com a INSPIRAÇÃO e a CRIATIVIDADE maiúscula que possuem.
Obrigada por serem meus amigos e continuarem a levar com sucesso o nosso Blog.
Maria Emília

Maria Emilia Xavier disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Emilia Xavier disse...

Obrigada amigos que frequentam e comentam o "De olhos fechados".Nós(Ademar, Clara, Francisco, Gilson, Joel,José Cláudio, Jorge, Wilson e eu), preparamos com o maior carinho tudo que aqui postamos, sempre apresentando o que de melhor cada um de nós sabe fazer...E olhem que os meninos e a Clara são FERA no que fazem.
A presença de vocês nos faz muito feliz.

15/06/10 20:50