sábado, 19 de junho de 2010

JOEL G. COSTA - O GATO

Com sete vidas ele nasceu
Seis vidas ele perdeu
Foi quase parar no céu
Pois quase se escafedeu
Com tantos acidentes que sofreu

Um embaixo da bicicleta
Outro caindo da mureta
Mais um tropeçando no atleta
Outro sob um carro que não breca
Mais um andando na cerca elétrica
Outro brincando com o menino sapeca

Através do carinho que ganhou
Das pessoas que ele acariciou
Com aquela vida que sobrou
As outras seis ele recuperou
E toda a história reiniciou!

JG Costa
Itatiba/SP

Publicado no: http://joefatherbr.blogspot.com/

4 comentários:

Chica disse...

QUE DANADINHO ESSE GATO!lINDO! e ELES APRONTAM MESMO!BEIJOS,TUDO DE BOM,CHICA

Ricardo Calmon disse...

Olah Maria Emília,felz fico em saber que campos meus de girassois aprecias,bemvinda siempre e siempre,pois bem sabes que aussi és um girassol em campos meus,roteirista sou para televisão,e até dezoito horas por dia escrevo,sempre com mega stereo audio phone nos ouvidos,amparado e ternamente inspirado,da música através!Quando um tempinho dispores,acesse por favor,o "Blog do Mensageiro e pesquise um post :herois anonimos ricardo calmon,e entenderás donde oriundo,vem maneira minha de ser!

bzu na alma!

viva la vida

Eduardo Medeiros disse...

Essa Gato é portanto, imortal!! rssss

Maria Emilia Xavier disse...

Joel, seu gatinho é bem esperto, hem? Acabou se dando bem.
Obrigada amigo por estar sempre por aqui alegrando nossos corações.