domingo, 4 de julho de 2010

Teimosa...

Teimo em inteira me entregar
aos acontecimentos
que na vida me aparecem.
Mas sempre acabo por postergar
muitos outros sentimentos
que ao meu lado fenecem.
Não consigo decifrar
ou pelo menos entender
esta minha aptidão,
da infelicidade sempre escolher.
Aposto sempre no mascavado.
Teimo em não investigar
as inúmeras perplexidades
que vez por outra me assombram
ou aos sinais da minha intuição.
E continuo...Teimosa...
No mesmo caminho percorrer...
Chegando, sempre, no horário marcado
na estação da solidão...

                                                              Maria Emilia Xavier

4 comentários:

Tania regina Contreiras disse...

Investigaras perplexidades...algo fundamental!
Abraços,
Tânia

Chica disse...

e ESSA TEIMOSIA É VÁLIDA!!! lINDO!BEIJOS,ÓTIMA SEMANA,CHICA

Cacá disse...

Que maravilha, Maria Emília! Abraços. Paz e bem.

Maria Emilia Xavier disse...

Obrigada amigos. Muitas vezes por não irmos mais fundo em nós mesmos é que a teimosia se instala.