domingo, 15 de maio de 2011

LIBERDADE...

Estranho você... liberdade.
Logo você, companheira
dos meus sonhos mais ousados,
que a vida inteira persegui.
Sonhos incompletáveis,
desejos enlouquecidos...
Hoje, é você que me persegue.
Quer saber aonde iremos,
quem vamos desafiar.
E eu fico tentando me esconder,
pelas frestas da vida, para não te encontrar,
pois não há o que responder a ti,
quando não há mais o que proibir a mim...

                                                   Maria Emília Xavier

10 comentários:

Cacá - José Cláudio disse...

Mas esse pode ser o melhor dos mundos: a fusão do ser com a liberdade!!?? Adorei, Maria Emília! Abraços.

PS: Eu também fui afetado pelo bug do blogger dia 12. Pode reparar que a minha postagem nem está lá. Há uma dia 10 e depois, só dia 13. Pelo menos aprendi a fazer back up do blog com a Elaine Gaspareto e agora diminuí minha taxa de riscos. Obrigado, paz e bem.

✿ chica disse...

Muit lindo,M.Emilia!

Que teu domingo seja cm liberdade de fazer tuuuuuudo que gostas e queres,srrs...

beijos,chica

Amapola disse...

Bom dia, querida amiga Maria Emília.

Que lindo poema!!

Menina... Eu me identifiquei com ele.
Eu o sinto em mim.

Um grande abraço.
Tenha um lindo domingo de paz.

(Amiga, eu também sou contra o celibato imposto. Acho que para servir a Deus, ninguém precisa desistir de viver). Adorei o seu comentário.

Amapola disse...

Menina... Aquele comentário que você deixou lá, me emocionou tanto, que é difícil achar palavras de agradecimento à altura dele e do que senti.

Que Deus a abençoe sempre.
Que a paz faça morada no seu coração.

Beijos, beijos.

Lena disse...

Maria Emília,
Assim você nos põe a enlouquecer com esses poemas tão maravilhosos! Um feliz domingo, sendo o que vc é e livre para voar!!! Bjs com carinho!

Leonel disse...

Linda poesia, Maria Emília!
E para variar, linda música!
No blog da Amehlia:

http://amehliadigital.blogspot.com/
no final do post sobre o PF, ela dá a dica sobre como fazer backup do blog completo!
Abraços!

Gilson Faustino Maia disse...

Liberdade! Esse tema é muito interessante. Quantas vezes os problemas, as mil e uma dificuldades impediram a execução dos meus sonhos. Hoje eu vejo que muita coisa que eu não fiz, teria sido pior se tivesse conseguido fazer. Acho que deve ser como dizem: "meio barro e meio tijolo", porque também como dizem: "a gente vive aprendendo e morre sem saber". Poeticamente está perfeito. Meu abraço.

ॐ Shirley ॐ disse...

Lindo poema, Maria Emília. Estar livre é muito bom, principalmente dos preconceitos. Beijão sempre!

Paulo Medeiros disse...

“Liberdade, liberdade, abra as asas sobre nós...”
Você tem a poesia na veia!

Claúdia Luz disse...

Boa tarde Maria !!

Lindo !!

Adorei sua visita e seu comentário .Desejo uma semana cheia de LUZ !! Mil beijos @@