sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Algemas...

            
                                                                Leonid Afremov 

As algemas que agora
circundam meu viver
não são as mesmas
que antigamente
me revoltavam...
me machucavam...
doloriam meu viver...
Não...não são.
Hoje, têm um pouco da
minha aceitação
e às vezes até
minha procura.
Machucam e doem, ainda,
mas de alguma maneira
me deixam menos solta,
no espaço enorme
que se formou ao meu redor...
                                                          Maria Emilia Xavier





9 comentários:

✿ chica disse...

Que lindo! E elas até te fazem sentir mais seguras...


Muito inspirado! beijos,chica

Andre Mansim disse...

Que lindo texto e que lindo desenho! Puxa vida fiquei olhando pra ele um tempão!

Ivana disse...

Medo de se machucar novamente, sensibilidade revelada nos seus versos. Linda imagem, uma linda sexta com chuva abençoada, bjs

Cacá - José Cláudio disse...

O recurso da autodefesa dá uma sensaçao de segurança eventual. Um abraço, Maria e ótimo fim de semana. Paz e bem.

Leonel disse...

Surpreendente esta adaptação às algemas...
Mas a mente e o espírito não podem ser algemados!
Abraços!

Vinicius. C disse...

Boa noite!

Venho conhecer seu blog e nossa eu adorei!

Deixo meu beijo e desejo um ótimo fim de semana!

Se puder e ainda não conhecer, venha conhecer o Alma- meu blog!

pensandoemfamilia disse...

Imagem linda, sentimentos refletidos.
bjs

genevieve disse...

Oi, Bom dia!
Estava olhando os blog e encontrei o seu.
Adorei a imagem do ultimo post, fiquei admirando-a também por um tempo! Adorei os texto também e seu blog no geral. Parabéns =)

Beijos até proxima postagem =)

Camila O. disse...

Toda a minha vida passei quebrando algemas, correntes, cadeados, cadeias... Luta diária. Cansaço extremo. Persistência bizarra.