sexta-feira, 16 de abril de 2010

QUEM É VOCÊ?


Rodava pelo salão nos braços de outro e nossos olhos se viram,
encostado no bar, tomando água mineral, não consegui deixar de notá-lo
pareceu-me que os Deuses, naquele instante, nosso destino selaram


Tocava "Quem é você?" e afoitos, nos perguntamos
                       quem é você?
Sem necessidade de respostas, nos enlaçamos


Dançamos até a madrugada e de lá saímos, para dançar juntos na vida
     Nosso filho nasceu...lindo, perfeito, inteligente,a nossa "cara",
       e nos amamos mais ainda... Foi um tempo bom de viver...
              Maria Emilia Xavier



Abril... dois anos que ele não está mais por aqui...
                                

Um comentário:

Cacá disse...

Maria, esta é daquelas dores que "não tem nome, que o peito devora, e come e fere e maltrata". Eu vou completar em dezembro, cinco anos sem a pessoa que mais amei na vida (afora minhas filhas). Abraços. Paz e bem.