domingo, 2 de maio de 2010

SEM RETOQUE...


Ando sem vontade de viver essa vida morna e chata, pensava  escovando os cabelos.... E, enquanto se vestia  não conseguia parar de pensar nessa sensação que ao acordar a tomou inteira, horrível sentimento... Mas nesse momento era o que sentia...Asco...de continuar vivendo as mesmas coisas sempre, fazendo os mesmos planos, se carregando para as mesmas festas, as mesmas caras, os abraços frouxos e beijos já sem gosto e  secos... Ah...Queria mudar, queria poder  jogar todas as verdades para o alto e fazer ou não o que  "desse na telha", viver a sua verdade do momento...  Queria  mesmo, pensava,  é me agradar,  me acarinhar,  me dar colo,  me amar, me  olhar  no espelho e dizer todo dia: "gosto muito de você bonitinha...",  sem me importar com as rugas -  tenho muito poucas  - sou gorducha e por enquanto, graças ao bom Deus, tudo está bem esticadinho: sem botox, sem plástica, sem fio de ouro, sem retoque... É isso!!! Pensou... quero uma vida sem retoque, sem jeitinhos, uma vida real, sem ter que ouvir e nem dar desculpas - que muita vez não são verdadeiras - quero o escândalo da felicidade todo dia, quero voltar ao tempo que dormia gargalhando e ao acordar sorria para o dia que se iniciava, acho até que por isso ele se sentia na obrigação de sorrir para mim...E assim pensando entrou na cozinha, tomou seu café e saiu... Ao abrir a porta deu uma piscadela para o sol e sorriu para o dia...

                Maria Emilia Xavier

2 comentários:

Michelle Crístal disse...

Serás que já estás cansada Maria, de olhos fechados impossível de fazer o retoque, ao menos que imagine...ou de frente aos espelhos, abras com cuidado...faça o retoque Maria, estrela..

P.S Estou te seguindo!

maria olimpia alves de melo disse...

Pois eu também quero essa vida sem retoques e ser escandalosamente feliz.