terça-feira, 3 de agosto de 2010

GILSON FAUSTINO MAIA - INEGOCIÁVEL

                        Por este céu azul que me conquista;
por este verde mar que me fascina;
por tudo o que há melhor em minha sina;
por todo o belo que no mundo exista;

por toda a força a que ninguém resista;
pela melhor lição que o mundo ensina;
pelo mais lindo colar de pedra fina;
pela melhor canção de um grande artista.

Eu não troco um vintém do teu sorriso.
Não troco pelo fogo do teu olhar,
porque és tudo aquilo que eu preciso.

És tudo o que mantém meu caminhar.
Adoro a tua falta de juízo,
adoro este teu jeito de sonhar.

                                                                   Gilson Faustino Maia
                                                                                  Petrópolis/RJ


4 comentários:

Cacá disse...

Eu estava lendo aqui desde 4 da manhã, morrendo de frio, doido para voltar pra cama, mas não troco por conforno nenhum no mundo o prazer de ler uma coisa tão linda assim. Abraços. Paz e bem.

Chica disse...

Que maravilha de poesia!um beijo,saudades,chica

Mgomes - Santa Cruz disse...

Ola: Linda poesia parabens ao autor e a voce pela bela escolha,
Um beijo
Santa Cruz

Maria Emilia Xavier disse...

Gilson,
Parabéns! Seu soneto é lindo.
Obrigada por tê-lo postado aqui.