quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

ADEMAR MACEDO - MADRUGADA

Com brilho quase uniforme,
sem cansaço e sem estresse;
a madrugada só dorme
depois que o dia amanhece.
Com minha alma amargurada,
envolto em meu sofrimento,
passo inteira a madrugada
jogando versos ao vento...
Testemunha verdadeira
do meu mais triste fracasso,
a madrugada é parceira
das poesias que eu faço.
Cheia de brilho e de encantos,
loucamente apaixonada,
a lua faz chover prantos
nos olhos da madrugada.
                                                                    Ademar Macedo
                                                                                     Natal/RN
                                                                                                       
                                  http://recantodasletras.uol.com.br/autores/ademarmacedo

12 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, Ademar
A madrugada nos inspira a escrever mais e com mais poesia...
Abraços fraternos

Chica disse...

Ademar é inspiradíssimo...Lindo! beijos,chica

Amapola disse...

Bom dia, querida amiga Maria Emília.

Que poema lindo... Parabéns pela escolha.

Muito obrigada pela honra da sua visita, e pelo comentário carinhoso.
Amém para as suas preces!

Beijos no coração.

Eduardo Medeiros disse...

oi, tudo bem?

linda poesia; bom para começar o dia.

abraços

Leonel disse...

Bonito poema!
Parabéns ao autor e a quem o escolheu!

Cacá - José Cláudio disse...

É minha doce companheira também. Quando não é, procuro adoçá-la com poesia (dessas belas assim) . Abraços. paz e bem.

Andre Mansim disse...

Lindo poema... Não vejo fracasso nenhum nele, eu queria saber "poemar", assim...

Obrigado pelo comentário tão carinhoso lá no meu blog, se for comentar ele numa discussão num barzinho por favor tome uma caracu em minha homenagem, hahahahahaha.
Um beijão fica com Deus!

Mgomes - Santa Cruz disse...

Maria, Ademar estava inspiradissimo que lindo poema Parabéns ao Ademar e a ti tambem.
Beijos
Santa Cruz

Graça Tristão disse...

MARIA EMILIA, LINDO ESTE POEMA... A MADRUGADA É SEMPRE FONTE DE INSPIRAÇÃO PARA "AMANTES" E "POETAS"... GRATA PELA VISITA E COMENTÁRIO!
PAZ E LUZ EM TEU CORAÇÃO
BJCAS
GRAÇA

Graça Pereira disse...

Lindo este poema de Ademar Macedo!
Defacto a madrugada tráz dois pontos no caminho: a hora translúcida em que a nossa alma despeja versos...e o dia que termina com a angústia dessa hora.
Beijo, minha querida.
Graça

Gilson Faustino Maia disse...

Assim, tentando dormir
eu deixo a cama ao reverso,
porém só vou conseguir
escrever mais algum verso.

Parabéns, Maria Emília, pela publicação de mais uma grande obra do Ademar, a grande força poética do Nordeste.

Nuvembranca disse...

Nossa... Belíssima viagem nos proporciona no seu cantinho. Parabéns.